Agora o blog tem um grupo no WhatsApp *u*
Para aqueles que quiserem entrar é só me mandar uma mensagem no WhatsApp
Número: 12 991360875
Salvo que quem fizer algum tipo de trote ou usar meu número para fins malignos irá ser denunciado.

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Uma Semana Turbulenta - 5

Meu corpo estava sem reação, como foi que acabamos assim?! 
Jintan esta me chupando e eu não consigo empurra-lo, bom no meu subconsciente eu não queria empurra-lo .
Jintan passou a mão pela minha bunda, e foi me apalpando levemente.
-Ah! – eu protestei.
- Você gosta quando eu aperto aqui? – Jintan sussurrou contra minha pele, Porra, alguém me ajude se não ... eu não  vou agüentar...- Kina... 
DING DONG
GRAÇAS A DEUS!! 
- SOCOORRO!!! – Eu gritei o mais forte que pude. – TEM UM ESTUPRADOR GAY NO CIO AQUIIIII, SOCOR... 
Jintan tampou minha boca. 
Cala a boca, anão.- Jintan sussurro.
-Kiiiiina!!! – Era o Kouta!! Graças a Deus, estou salv... NÃÃÃO, se o Kouta me ver assim é possível ele querer participar, eai vai ser uma suruba!! – Ta ai Kiiina?
Jintan me olhou, e fez um “Tsc”, que merda é essa? Então ele queria ir até o fim?, Jintan me vira bruscamente e solta meus braços.
- Essa foi por pouco viu anão?- Ele disse me  soltando. 
- Maldito homo no cio! 
- KIIINAAA - Kouta grita do lado de fora. 
- Já vai!! - Respondo, vou subindo as escadas para trocar de roupa, chego no meu quarto e pego uma camisa branca que eu tinha, acho que essa da para usar pelo menos hoje, quando desço as escadas me deparo com o meu pior pesadelo, Kouta esta sentado ao lado de Jintan, tomando chá...mas por incrível que pareça, esta um clima meio que pesado.
- Kiiiiina, meu amor!! - Kouta se levanta e pula no meu pescoço e me da um beijo estalado na bochecha. - Vamos? estamos atrasados, até mais Jintan, agradeço pelo  chá.
Jintan não se moveu nem um músculo, ficou me encarando. 
- Ah, er... sim. - Gaguejei enquanto Kouta me rebocava para o hall da porta. - Então... itekimasu.
Assim que a porta se fechou atrás de mim, Kouta me puxou mais de pressa, sua mão apertava com força meu braço, quando chegamos no ponto de ônibus ele me soltou, estava na cara que Kouta estava irritado. 
- Kouta... tudo bem? - Perguntei, e ele se virou bruscamente. 
- Você não vai voltar para casa hoje! - Ele disse.
- Posso saber porque? - Eu perguntei, ele estava estranho. - E oque você estava conversando com Jintan?
- Você tem razão Kina, ele é um idiota, você não vai ficar em baixo do mesmo teto que ele. 
Comecei a rir, e então pela primeira vez Kouta olhou para mim.
- Você esta com ciumes? - Ele me olhou de canto de olho e deu uma risadinha.
- Siiim, estou morto de ciumes, venha para minha casa e vamos fazer loucuras, ok? 
Começamos a rir juntos, o resto do caminho para a escola foi tranquilo como qualquer dia com Kouta ao meu lado, cheio de assedio e risadas.

[Jintan]

Kouta...
Então esse era o amigo que quer ter algo a mais com o Kina, ele realmente se destaca na multidão. Será que o Kina e ele...
Não, não vou pensar nisso agora.
................... 
-Entre, o Kina foi trocar de roupa. - Abri a porta para o menino que havia atrapalhado minha alegria. 
Fui até a cozinha e peguei o chá que já estava pronto e eu ia servir antes do breve strip de Kina. 
- Você é o  Primo dele certo? - o menino pergunta, assim que entrego a xicara para ele, olhando de perto, este menino realmente era bonito, se eu não estivesse apaixonado pelo Kina, certamente tentaria algo com ele. - Sou Kouta.
- Jintan. - Me apresentei. 
- Jintan, vou ser sincero com você, oque esta tentando fazer com o Kina, quero dizer até o fez dormir na banheira!  - Ele me perguntou, e o modo como o fez me irritou, então quer dizer que tudo que faço aqui, Kina conta para Kouta...- Você esta sério em relação a  ele ou você só que a bunda dele?
- E se eu só quiser brincar com ele? - Eu perguntei, eu realmente estava irritado, Kina prefere conversar com esse projeto de miyavi versão de bolso? -  Não é como se você fosse me impedir, certo?
- Bom, acho que você esta mentindo, e esta explicito este seu ciumes. - Ele disse.- E não se fica com ciumes de quem não gosta, certo?
- Acha que estou com ciumes? - Fui me aproximando dele. - Você acha que é alguma ameaça para mim?, pelo seu jeito você é os dois certo? mas a sua preferencia também é explicita, Sr. Uke
- Posso ser uke, mas pelo Kina, posso me transformar em um seme bem copetente.  
Ouvi os passo de Kina descendo as escadas, Kouta automaticamente se levantou e correu até Kina, e o beijou na bochecha, algo ferveu dentro de mim, fiquei esperando que Kina o afasta-se mas isso não aconteceu. 
-  Vamos? estamos atrasados, até mais Jintan, agradeço pelo  chá. 
e se foram. 
.............
[Kina]
- Kiiiina!! - Kouta me chama, eu estava no portão da escola indo para casa. - Vem para minha casa hoje, sim? 
- Não sei não Kouta... - Eu disse.
- Não se preocupe, não vou te atacar. - Ele disse. - só se você pedir, ai já outros quinhentos, você manda e eu obedeço. 
Ele fez um biquinho tão fofinho que não pude deixar de rir. 
- Não estou preocupado em você me atacar Kouta, só que quando sai de casa, Jintan parecia meio... chateado. - Ou muito puto, será que ele ta bravo por que eu não... pera, eu to preocupado se ele ficar chateado comigo por não dei para ele??
- Aiii Kina, chega de Jintan por hoje, vem vamos para minha casa jogar video-game!! - Ele pegou na minha mão e foi me rebocando. 
Quando estavamos na porta do apartamento do Kouta imaginei que devia ligar para Jintan, peguei meu celular e disquei o numero de casa.
- Alo 
- Jintan? 
- Quem mais seria, anão?
Argh.
- Estou ligando para avisar que vou chegar um pouco tarde.
- Onde você esta?
- ... Na casa do Kouta, uma dez horas eu estou em casa, ta? 
- Kina... 
Hum? Jintan parece... deprimido.
- Sim, Jintan? 
- Nada, só volto para casa logo, ta?. 
E do outro lado da linha ficou mudo. 
Estranho, o Jintan que eu conheço iria gritar e me mandar ir para casa, ou pelo menos descobri onde fica a casa de Kouta. 
- Kiina entra logo. - Eu entrei e Kouta já  estava sentado no chão com os dois controles do video-game, jogamos por um tempo calados, até que Kouta disse. - Kina, você esta apaixonado pelo seu primo né?
... 
- Kouta... não é assim...
-Kina, eu gosto de você. - Kouta disse, e ele não tirava os olhos da tela.
- oi? - eu falei, pera, que o Kouta vive me assediando isso é normal, mas... gostar?- Acho que não entendi...
Kouta pausou o jogo... merda, ele estava olhando fixamente para mim, e foi se aproximando lentamente de mim, até que nossos rostos ficaram bem próximos. 
- Kina, eu te amo. - Kouta disse e me beijou, fiquei tão surpreso  que fiquei paralisado, só despertei do transe quando senti sua lingua invadir a minha boca, comecei a protestar, ele desceu seu labios  até meu pescoço onde começou a lamber, oque provocou arrepios em minha pele, minha mente estava em branco, e em um momento só me veio uma coisa em minha mente... Jintan. Eu  o empurrei sutilmente.
- Desculpe Kouta, não posso aceitar seus sentimentos. - Eu disse, ele olhou para baixo e deu uma fungada, oque partiu meu coração. - Kouta...
- Kina, eu realmente gosto de você. - Pude sentir um pingo cair em minha mão, eram lagrimas que escorriam daquele rosto que eu sempre vi sorrindo, eu o abracei. - Kina...?
- Você é meu melhor e único amigo, é em você que eu confio minha vida, me perdoe. - Nós ficamos abraçados por um tempo, quando o soltei pude ver o seu sorriso.
- Porra Kina, podia ter pelo menos transado comigo, poxa, seu virgem maldito.- Eu dei risada. - Vá, vai para casa,e diga oque você tem a dizer para ele.  
Eu não sei se devia ir para casa, mas em consideração a Kouta me levantei e fui, olhei no relógio ia dar oito horas,  estava cedo mas fui direto para casa, estava cansado, e notei que estava triste, eu havia magoado o Kouta, mas não podia aceitar seus sentimentos, não sei se deixar ele sozinho foi uma boa escolha, cheguei perto da porta e a abri, Jintan estava no sofá deitado assistindo televisão, me olhou  surpreso.
- Achei que ia ficar até as dez. - Ele se levantou. 
- Não, acho que fiquei com saudade da sua comida ruim. - eu disse e dei um meio sorriso.
- Oque aconteceu? - Jintan disse. 
Não respondi, fui para a cozinha e quando olhei para a mesa até me assustei, tinha um prato com arroz e carne ao molho curry, e um bilhete. 
"Coma quando chegar seu anão. Quem sabe assim você cresce um pouco, eu sei que essa é seu prato favorito."
Então foi por isso... Jintan...
Acho que hoje é meu dia de magoar as pessoas.
- Kina, oque foi? 
-N-Nada seu chato... acho que to co...- Jintan segura no meu braço e me gira, me deixando de frente para ele, e minhas lagrimas escorriam pelo rosto.
- Eu te conheço mais do que você imagina Kina. 
Sem me importar com mais nada abracei a sua cintura e deixei que as lagrimas rolassem, chorei feito uma criança, mas pude sentir as mãos grandes de Jintan me envolvendo, me deixando protegido. 
Jintan... será que eu posso ter esses sentimentos por você? mesmo nós dois sendo homens?

  • Feita por Mikki Fujoshi
Arigatoo querida *u*

4 comentários:

  1. OMG!que lindo *_*
    esperando ansiosamente pelos próximos capítulos"

    ResponderExcluir
  2. Porra q perfeito *---* quero continuação

    ResponderExcluir
  3. Continuação pf pf

    ResponderExcluir